Total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de maio de 2013

# Fatalidade




Fatalidade,
É o encontrar dos olhos,
É o olhar que chama, e no outro se detém,
Admirando, como se no mundo não houvesse mais ninguém.

Fatalidade,
É o olho que abraça,
Namora, cativa, corteja, cobiça,
Inebriando levemente, delicadamente, atiça,

Fatalidade,
É o amor nascendo como o dia
Clareando aos poucos, bem devagar!
Brotando feito a água fresca, que alegremente se joga no mar

Fatalidade,
É supor a folha, ter pra sempre o vento,
E se jogar no ar, no outono da sua história.
Mas o tempo sabe o movimento, e narra toda a sua trajetória,

Fatalidade,
É ver um açude ressecado, ver um amor se acabar,
É olhar em seus olhos,
E não mais achar o seu olhar!

Di Vieira


Nenhum comentário:

Postar um comentário