Total de visualizações de página

terça-feira, 19 de junho de 2012

LIBERDADE




Conquistar a liberdade é voar num céu de ilusões
Onde pássaros  cegos que traçaram seus destinos 
Habitam sem espaço no buraco negro
Onde tudo se perde, onde nada se produz
Onde eventualmente um pequeno raio de luz
Num ou noutro ponto sugere que ainda há vida.
Entre as nuvens cinzas tempestuosas,
Por um momento um sentimento toma forma
Um  enorme e angustiante medo desse voo livre,
Um enorme e angustiante medo desse jeito livre de viver.
Então a máscara cai e paralisa a respiração artificial.
Envolto em um disfarce o soluço sai do peito.
E com um pensamento transformador do mundo decreta com vontade,
Liberdade! Liberdade!Liberdade!
Enquanto isso essa conquista monopoliza o seu dia,
Invade sua noite rouba seu pretenso sucesso
Camufla seus amigos e finge,
Mas finge tão naturalmente!
É, as conquistas e a liberdade te consomem!
Voam como personagens pelos céus da tua ilusão!
Esvanecem-se as imagens imaginadas e produzidas pela vida
Essa vida que você com liberdade e a todo custo,
Tão orgulhosamente tenta conquistar.  

Di Vieira


Mas... a fila anda!
video