Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Parecer



Parecia ser fim,
E era começo!
Parecia ser noite,
E era dia!
Mas parecer, parecia!
Parecia ser eterno,
E foi logo esquecido!
Parecia ser sonho,
Mas foi viver vivido!
Parecia, sem parecer,
Esquecido, sem esquecer.
Aquilo que foi, sem um dia ser,
E se acabou, sem ninguém perceber.
Naquela noite que era dia,
Na inesquecível tarde,
Que muito chovia.
Bem ali, onde o sol nascia,
Naquele lugar que só o amor conhecia,
Onde por horas e horas se escondia,
Nos instantes em que não sorria,
Antes, bem antes do amanhecer
No momento exato,
Do último ato,
Um pouco antes de morrer!

Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário