Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Minh'alma


Minh'alma é aquela
Que chora e se cala,
É aquela que fala,
Sobre coisas do bem,
É aquela que tem,
Paixão dentro do peito,
Do meio lado direito,
Daquele que vem.

Minh'alma é aquela,
Que se encanta com doçuras
De gente de alma pura,
Que pede e dá perdão,
Se rasga inteira,
Se emociona,
Com gestos e maneiras,
Que tocam o coração.

Minh'alma é aquela,
Nem feia, nem bela.
Nem sempre pureza,
Nem sempre razão.
Minh'alma exposta,
Há quem goste ou não,
Mas é super do bem.
E no fundo sempre tem,
Um ponto, de interrogação!


Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário