Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de abril de 2014

#Acordei!


Acordei!
E nem sei porque tão risonho.
Nem sei porque ainda sonhando em ser feliz!
Nem quis pensar na dor,
Na mágoa dos que foram feridos,
Na pressa dos que não chegaram,
Na sorte dos que não me amaram
Na dor dos que me amaram demais.
Dos lindos projetos que ficaram pra traz,
Dormi infinito, dormi bonito,
Dormi demais!

Acordei!
Velas acesas na mesa.
Flores cobrindo a pele,
Sem nem ao menos pensar no tempo.
Nem ao menos sentir o vento que passava,
Sem ao menos ver graça no solene cântico,
Que entoavam as bocas pequenas.
Aí,  vi a vida abrir suas asas,
Sobre a face serena dos que não voltavam,
Sobre toda a certeza dos que não falavam,
Sobre os que se calavam de repente,
Sobre os que nada mais sentiam ou sentem,
Sobre os inocentes que dormiam sem querer,
Sobre os que acordavam noutra vida
Sonhando outra vida viver!


Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário