Total de visualizações de página

sábado, 14 de setembro de 2013

#Observando



Olho a parede.
Nessa dura realidade me prendo.
Nenhuma porta, nenhuma paisagem,
Só sua imagem,junto as lágrima dos meus olhos,
Aos poucos vai se dissolvendo.
Não quero resolver as coisas agora!
Não quero que a raiva passe!
Ah se você me amasse ao ponto de ser sincera!
Ah quem me dera! Quem me dera!
Que me dera  as palavras doces fossem pra sempre!
E que sempre, fosse com você!
Quem me dera!
Quem dera sua presença em mim, fosse mais forte!
Muito, muito mais forte do que e a lembrança do teu cinismo sem limites.
Ah quem me dera!
Quem me dera abrir nessa parede uma janela, 
E respirar novos ares!
Tenho em mim a certeza,
Você não vai encontrar alguém melhor que eu.
Quem me dera pular a janela,
Abrir os braços, abrir os olhos pra vida!
Mas não faço nada!
Fico parado aqui, minha querida...
E só observo!

Di Vieira


Nenhum comentário:

Postar um comentário