Total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de junho de 2013

#Reciclagem



Sou catador!
Catador dos sonhos perdidos,
Dos sonhos reformados,
Sonhos que não foram vividos,
Sonhos que não foram ouvidos.

Sou catador de esperança
Das perguntas sem respostas,
Da falha que não teve absolvição,
Dos projetos de paz em combustão,
Da justiça, sem suborno , sem corrupção.
Do direito de ser direito, e ter direito a educação!

Catador da natureza,
De ser humano, de ser imperfeito,
Da não obrigação de ser feliz o tempo inteiro,
Do perdão aos que cantam no chuveiro,
Das petições de anistia, para sentimentais.
Das loucuras dos loucos, dos loucos demais!

Catador, reciclador,
De amores que casam sem casar,
De corações que palpitam sem amar,
De lágrimas pranteadas sem molhar,
De sentimentos jogados ao lixo, sem tentar,
Da culpa, sem culpa,
Que não pode questionar.


Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário