Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

QUANDO NÃO TEM REMÉDIO!




Quando fecha o tempo...Espera
Pode ser que venha chuva,
Pode ser que não,
Mas na dúvida espera, nada nunca é em vão!

Deixe passar o chuvisco, o aguaceiro,
Ou aquela nuvem que se formou de repente.
Espere! Ao menos tente!

Não chore se não for preciso,
Até que o peito não tenha mais espaço,
Recorra ao sorriso!
Mas que não seja o amarelo,  amarelo, só se for  muito preciso!

Ah! Tenha juízo!
Tudo bem que é mister chorar quando o tempo fecha!
Mas depois de franzir a testa, estreitar a goela.
Desfila a beleza e a formosura na passarela do sol.

E até lá, deita e espera a nuvem passar!
Sem lamúrias, sem ser deprimente,
Dizem que pé quente é bom pra espantar o tédio.
E que quando a gente pensa que nada mais tem remédio,
Ou mesmo enquanto se espera,
Um chá quentinho pode fazer  milagre!

Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário