MARCAS E SEGREDOS




Procurei um coração sem emendas,
Sem feridas, sem marcas,
Não achei!

Pensei num coração sem disfarce,
Sem segredos! Ui que medo!
Não encontrei!

Procurei na minha tola vaidade,
Em meu peito um coração que fosse igual,
Vasculhei, por dentro e por fora,

Investiguei, pesquisei, dei uma geral,
Mas descobri que marcas, segredos e receios,
Em um coração com mais de trinta e meio
Certamente  é  muito mais que normal!

Di Vieira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Benditas estradas, sinuosos caminhos

Juliana

O que somos?