Total de visualizações de página

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

#Cigarraseborboletas



Mostrem o caminho, que leva a cidade da vida.
Livrem a alma perdida, sem consolo, sem afeto,
Que vaga sem teto, feito borboleta saída do casulo,
Que pousa no muro , olhando as flores, sem toca-las.
Por serem tão lindas!
Por serem tão puras!
Por se achar,confusa,
Nessa nova vida.
Tudo é tão breve, tudo é tão fugaz!
Acredita até, não merecer,
A oração do amanhecer, que a natureza alegremente faz!
A oração que move os trigos no campo,
Faz pulsar o coração dos pássaros, alegram as flores.
Faz surgir lindos amores, no jardim todo dia.
Enfeitam os lírios, que se vestem com formosura e alegria,
Faz beber nos rios ,os passarinhos,
Perto dos quais,os servos valentes,
Espalham as boas sementes,
Com muito amor e carinho.
Mostrando o caminho, como se o revelasse a uma criança,
Dizendo a todos, quer sejam cigarras, ou borboletas,
Que ainda há esperança!
E até que a história chegue ao final.
Haverá sempre a luta do bem contra o mal,
Não tema, não estará sozinho!
Entre o pousar suave em busca de carinho,
E o voo em direção ao ninho.
Encontraras forças, pra chegar ao destino.
Compreendo que entre o levantar dos braços, e o toque da morte,
Não há sorte!
Há sim,um só caminho que leva ao campo,
Onde a vida será plena!
Onde não haverão muros, medos, nem segredos a se esconder,
Ali, onde todos tomarão parte,
Da oração, que se renova como a arte,
A cada milagre, do amanhecer!



Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário