Total de visualizações de página

quarta-feira, 10 de julho de 2013

#Cabelosbrancos



 Gosto mais de mim,
Gosto mais de mim agora
Gosto mais de mim por dentro, que por fora,
Que me perdoem os que idolatram a mocidade,
Mas o viver bem, vem com a maturidade,
Mesmo que o corpo, 
Não aguente mais as noites sem dormir,
E as mãos, pareçam encolher a cada dia,
Mesmo que a beleza deixe a desejar, na fotografia,
E a pele vá ficando como roupa sem passar,
Quem te ama, vai sempre te amar!
Que te conhece, passa a te admirar,
Porque é bom, andar ao lado de quem te importa,
Mesmo que o ritmo seja mais devagar,
Mesmo que a memória às vezes os deixe na mão,
É muito bom lembrar do que se quer, e o que não!
Gosto de mim, dos cabelos brancos, das minhas saudades,
Das amizades conquistadas, das lutas travadas e vencidas,
Gosto da vida!
O tempo, já não importa tanto!
Já não tenho tanta pressa, tanto querer afobado,
Tenho o que preciso, o que gosto, conheço o caminho,
Posso ir devagarzinho, prestando atenção,
Naquelas pessoas que estão na estrada,
Nas marcas bem feitas, que deixaram no chão,
Posso contar todos os passos,
E bem no fim, encontrar teu abraço,
No meio da multidão!




Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário