#Amo!



Amo,
Como um pássaro que alimenta,
Ensina a voar e ainda no ninho,
Permite ao seu amor se quiser, voar sozinho!
Amo,
Como flores à beira da estrada,
Que não pedem nada,
A não ser enfeitar o seu caminho.
Amo,
Como nuvens que encobrem,
O sol causticante do seu deserto,
Ainda que não haja nada,nenhum amigo por perto!
Amo você,
Que pensa que sabe amar, mas não procura entender,
Que só ama o espelho, porque reflete você!
Amo,
O silêncio escondido nas palavras,
As frases, que no tempo certo,foram ditas,
Amo,
Os nossos momentos juntos
Nossos escassos e frágeis assuntos,
Amo a lembrança,
Das suas risadas bonitas!
Te amo,
Sem um incentivo, uma escolha,ou adesão,
Amo por ser submissa, aos desmandos complicados
Desse meu patético coração!



Di Vieira



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Benditas estradas, sinuosos caminhos

Juliana

Luz, câmera, ação!