FUNDAMENTO



Tá construindo?
Subindo, descendo,
De um lado pro outro,
Pra frente e pra trás,
Caindo, levantando,
Fazendo, desfazendo,
Aumentando, inventando!
Ciclando a vida,
O tempo passando.
Estrutura cansada, caída?
Que nada!
Nunca é tarde demais!
Experimenta!
Dez, quinze, quarenta,
Cinquenta, sessenta, setenta...
Construindo, renovando,
Arquitetando sonhos maiores que você,
Alçando voos num céu de um azul
Que quase ninguém viu,
Quase ninguém pôde ver.
São raros os que irão sentir,
São poucos os que irão perceber,
Abençoados são os que podem presumir,
Preciosos são, os que ainda conseguem crer!


Di Vieira 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Benditas estradas, sinuosos caminhos

Juliana

O que somos?