Total de visualizações de página

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Cuida de mim!



 Cuida de mim!
Mesmo quando erradamente,
Acho possível resolver tudo sozinha,
Quando sinto medo do mal que possam fazer a mim,
Quando os meus pecados trouxerem dúvidas ao meu coração,
Cuida de mim!
Cuida de mim Senhor,
Quando me empolgo em discussões que não levam a nada,
Quando me atrevo a ser pedra quando sou janela de vidro,
Quando não consigo ofertar o outro lado do rosto,
Quando o fel do desgosto transformar minha fisionomia,
Quando minha alma parecer vazia,
Mesmo assim Senhor,
Fica comigo!
Cuida de mim,
Quando me esqueço por um segundo,
Que Tu Senhor,
 Como dono do mundo, viveu em mansidão,
Quando espero dos outros gratidão.
Ou quando irada, só consigo ver o templo, e a chibata em suas mãos,
Perdão Senhor, mas cuida de mim!
Cuida de mim,
Quando sou eu o chicote,
Quando tenho medo da morte,
Quando a violência, e corrupção que há no mundo me paralisa,
Quando eu ficar distraída e o mal me surpreender,
Confio em Ti Senhor, para do mal me valer,
Cuida de mim Senhor, só Tu me entendes!
Vem e refrigera a minha alma, a cada aborrecimento,
Me faça lembrar que está perto o momento do mal ter fim,
Não me deixe esquecer o quanto me amas,
Que ainda sou a sua menina,
Que é grande esse amor, 
Que a todo momento me ensina,
Que só sua graça me acalma,
Cuida Senhor Deus de mim,
Cuida Senhor Deus, 
Da minha alma!


Di Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário