Total de visualizações de página

domingo, 4 de novembro de 2012

ORVALHO!




O orvalho da manhã o sol que nasce...
Em silêncio tua face buscarei!
O esplendor da lua e a noite já descansam,
Mas em mim a esperança vai se renovar.
Sua magnitude a cada ser vou anunciar!!!
A cada botão em flor, ou espinho que eu encontrar.
Sei que não haverá barreiras,
Que eu não possa enfrentar se estiveres ao meu lado.
Então, no dia que nasce Senhor,
Quero te entregar minha vida,
Confio no teu amor!

Di Vieira



Nenhum comentário:

Postar um comentário