Total de visualizações de página

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

ELOIZA



                 
Pensei no teu sorriso,
Teu riso, Tua gargalhada insana,
Foi bacana lembrar de você.
Por horas inteiras mergulhei na felicidade dos simples.
Na felicidade sem fronteira
Dessas que se vê no rosto, nos olhos que brilham,
Queria tanto  ter  você por perto!
Gosto tanto de lembrar de você!
Meu bem querer, minha flor,
Aragem do meu sertão,
Brisa que me encanta, meu alento!
Eloíza, Eloíza! Canta o vento.
Venta suave,  canta a brisa
Mas sem vocês sou cão sem dono
Fico sem sono, nasce o sol, e não dormi
De alguma maneira sei que tudo está bem!
Que foi  só saudade do teu sorriso
Recordações de você,
Você minha flor, meu bem me quer,
Meu bem querer,



Di Vieira


Nenhum comentário:

Postar um comentário